Por que os carros usados estão se valorizando? – Confira 2 principais motivos!

Por que os carros usados estão se valorizando? O que aconteceu no mercado de veículos interno e nacional para que carros mais antigos passem a valer a mais do que há poucos anos atrás? Por que até mesmo as motos estão se valorizando a medida que os anos passam? Vale a pena comprar um carro usado mesmo com essa valorização absurda da tabela Fipe atualizada?

Muitas pessoas querendo vender seus veículos, poucas pessoas querendo comprar, ainda menos montadoras aumentando sua produção. Tudo isso é reflexo de uma recessão econômica que afeta não somente os países emergentes e subdesenvolvidos como o Brasil, mas o mundo inteiro, porém nós, que não somos países de primeiro mundo, sentimos ainda mais.

A inflação no Brasil só cresce, por mais que esteja contida nos últimos meses e até mesmo diminuindo. Porém, toda a tensão pela crise sanitária que passamos nos 3 anos e agora com a guerra no Leste Europeu, acabou criando problemas econômicos que afetaram todos os setores da indústria em geral.

carros usados valorizando

Um desses problemas afetou a produção das montadoras em todo o país e no mundo inteiro, com carros 0km demorando a saírem das fábricas, gerando assim tudo o que vamos responder no conteúdo de hoje. A realidade é que um “carro popular” 0km chega a estar custando 60 mil reais.

No conteúdo de hoje, vamos responder uma pergunta que é a dúvida de muitas pessoas: afinal, por que os carros usados estão se valorizando tanto? O que aconteceu na indústria automotiva para que um corsinha 2004 que valia 10 mil reais por mais de 2 anos atrás estar valendo quase o dobro? Leia conosco e saiba mais sobre o assunto, vamos lá!

Por que os carros usados estão se valorizando?

Afinal, por que os carros usados estão se valorizando? Bem, existem dois motivos principais para isso estar acontecendo em todo o país, sendo que ambos já foram propriamente mencionados na introdução, mas vamos especificar um pouco mais abaixo. Leia e entenda de forma completa:

Inflação absurdamente alta

Um dos principais problemas para a alta de tudo, não somente da indústria automotiva, foi o aumento considerável da inflação no Brasil. A inflação afetou não somente o Brasil, como vários outros países, como é o caso da Argentina, que chega a acumular uma inflação na casa dos 50%, com pobreza extrema sendo registrada cada vez maior a cada dia que passa.

No Brasil, o cenário é um pouco diferente pelo trabalho do Ministério da Economia na contenção da inflação, que ainda sim teve suas falhas. De qualquer forma, não chegamos aos 50% da Argentina, mas ainda sim chegamos a uma alta de 10%, impactando todos os setores.

Carros 0km mais caros

Um problema que ocorreu há quase dois anos e se repetiu no meio do período, mas que vem sendo solucionado neste ano: a falta de componentes de matéria-prima de veículos atrasou – e muito – a produção dos carros nas montadoras. Dessa forma, para bater as metas e pagar as contas, as concessionárias aumentaram o valor dos veículos em loja, até mesmo para suprir as demandas.

O resultado? Uma busca maior por carros seminovos, os famosos “carros usados”. Por que os carros usados estão se valorizando? Pelo preço alto dos carros 0km, que fazem o comprador trocar um HB20, 1.0, ano/modelo 2022 de 60 mil por uma EcoSport 2006 de 25 mil.

Ao que tudo indica, isso vai diminuir com o tempo. A inflação está sendo contida pela alta da taxa Selic e pelos carros voltando a produção total. Com isso, tudo indica que nos próximos meses e dois anos o preço dos veículos usados baixe consideravelmente. Até a próxima!

Sugestões deixem nos comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.