O estresse chegou aos animais domésticos

Com a correria do dia a dia, muitas pessoas acabam por desenvolver um estresse, levando e desencadeando algumas doenças sérias como gastrite, úlceras, dentre outras. Sabe-se, que isso é normal dentre os adultos, mas, você sabia que outro ser pode estar sendo afetado?

animais
Reprodução/Cão foto criado por freepic.diller – br.freepik.com
Isso mesmo, os nossos amados animais podem desenvolver estresse em seu dia também, seja por alguma irritação causada ao longo de sua vida, se foi exposto a alguma violência excessiva ou outros motivos que podem desencadear essa terrível doença. Entretanto, com o avanço da tecnologia, o uso da farmácia veterinária se demonstrou extremamente útil no combate ao estresse.

 

Um produto que se tornou eficiente e, que há pouco mais de três anos, era acessível somente aos seres humanos, foi o Floral de Bach.

O que é floral de bachs?

 

O Floral Bach é feito de essências naturais obtidas da extração de 38 flores silvestres, o floral tem como objetivo atacar sete grupo de emoções: incerteza, falta de interesse, medo, hipersensibilidade, solidão, sensibilidade aos outros e desespero.

 

Os estudiosos do produto dizem que as doenças físicas parte primariamente da mente e, então, se atacar os problemas na mente, os físicos se resolverão, por si só. Por isso, esse método deu tão certo em conjunto com os animais, pois eles buscam na restauração do equilíbrio emocional do animal.

 

As patinhas tem que ter seu cuidado pessoal também

 

Além do Floral, outro produto que vem ajudando os nossos amigos felinos e caninos com esse estresse é o cuidado com as patas. Talvez, não saibamos, mas a maioria dos 319 ossos compostos no esqueleto deles está diretamente ligado na pata e, ademais, eles também têm ligamentos, fornecimento de sangue, tecido conjuntivo.tendões e terminações nervosas importantes para o seu corpo, nessa parte tão sensível do animal.

 

Por isso, é sempre importante manter essa área sempre limpa e bem cuidada e tomar muito cuidado ao sair com seu bichinho de estimação no sol quente, pois o chão pode ocasionar dores e até mesmo, lesões graves ao seu amigo.

 

Como diminuir o estresse canino e o estresse felino?

 

Primeiramente, criar uma rotina é essencial para evitar o estresse canino e o estresse felino, tendo que seguir à risca tudo que você criou, pois assim, seu animalzinho saberá que ele tem algo a ser feito, trabalhando sua mente a todo momento.

 

Ademais, passeie diariamente com seu pet, se possível mais de uma vez ao dia, ambiente sua casa com diversos atrativos para seu pet e, não deixe seu companheiro muito tempo sozinho, principalmente, em momentos que possam deixar ele assustado, como em dias chuvosos, por exemplo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.