Abra as portas do mundo: três dicas simples mas essenciais para aprender um novo idioma

Agora, mais do que nunca, na nossa sociedade globalizada e conectada, saber um idioma além da sua língua materna se tornou basicamente essencial. De novas oportunidades profissionais ao turismo, os benefícios de aprender um novo idioma são vários, além de expandir suas possibilidades e apresentar toda uma nova perspectiva para a sua mente, agregando cada vez mais conhecimento e empatia.

 

E não importa qual seja o idioma: o processo de aprender um novo idioma sempre vem carregado de desafios e dificuldades — que variam de intensidade de acordo com o idioma escolhido, claro. Estruturas gramaticais e métodos de escrita muito distintos da sua língua materna (ou de outra que você já conheça) serão naturalmente mais desafiadores, enquanto estruturas similares são absorvidas com mais facilidade.

caderno idioma

Mas, independentemente do nível de dificuldade do idioma escolhido, existem algumas dicas que deixam o processo de aprendizado mais eficiente e que podem (e devem!) ser aplicadas até mesmo fora das aulas. De como um caderno é essencial até a importância de incorporar esse novo idioma no seu dia a dia, separamos três das nossas favoritas. Continue lendo para conferir!

 

Anote tudo

Que o uso de um caderno de anotações durante as aulas é super importante, todo mundo já sabe. Mas carregar o hábito de usar o seu caderno fora delas também é algo que faz toda a diferença na hora de aprender idiomas. Aprendeu alguma palavra aleatória de vocabulário, ou uma nova frase? Anote lá. Está estudando um idioma com sistema de escrita diferente? Treine os seus traços no caderno. 

 

Aos poucos, seu caderno vira mais do que apenas uma ferramenta de estudo, e sim uma central de consulta de dúvidas, de vocabulário, de explicações anteriores, e também um registro da sua evolução no aprendizado. Além disso, é cientificamente comprovado que o simples fato de anotar algo em uma folha de caderno ajuda o cérebro a memorizar esse item, mesmo que você não volte a consultar essa anotação.

 

Incorpore o idioma na sua rotina

É praticamente um consenso entre especialistas que o aprendizado por imersão é uma das maneiras mais eficientes de como aprender um idioma: passar um tempo em um país que fala o idioma, tendo apenas ele como opção de comunicação força o cérebro a aprender e incorporar conceitos e vocabulário muito mais rapidamente.

 

Infelizmente, essa não é uma opção para muitas pessoas, por vários motivos. Mas ainda assim, é possível incorporar um pouco dos princípios da imersão sem nem precisar sair de casa! 

 

Uma das atitudes mais simples que você pode tomar nessa “imersão a distância” para incorporar o novo idioma no seu dia a dia é consumir conteúdos nele — entretenimento como música, filmes, séries, vídeos; notícias e atualidades, entre outros. Mesmo que você não entenda tudo que está sendo dito, esse exercício ajuda você a se acostumar com os sons, entonações e estruturas das palavras, facilitando o processo de aprendizado.

 

Trocar o idioma de eletrônicos que você usa com frequência (como celular, televisão ou computador), usar post-its para identificar os nomes dos diferentes móveis na sua casa no novo idioma, ou tentar cozinhar com receitas exclusivamente nele também são atitudes que parece pequenas ou bobinhas, mas ajudam bastante na “imersão a distância”. Toda ideia é válida se te ajudar a aprender!

 

Não deixe a vergonha te atrapalhar

Parece óbvia, mas essa é uma dica muito importante, principalmente na hora de treinar pronúncia e conversação. Realmente, essa é a parte mais desafiadora, e também onde temos mais vergonha e medo de cometer erros. 

 

Mas para que você fique cada vez melhor no idioma, superar esses sentimentos negativos e treinar mesmo assim é essencial. Para ajudar, lembre-se que o aprendizado é um processo, e você não precisa sempre acertar de primeira ou falar tudo perfeitamente todas as vezes — afinal, você também às vezes escorrega na sua língua materna, não é mesmo? Além disso, falantes de qualquer idioma tendem a ser muito gentis com quem está aprendendo, e raramente irão apontar erros ou tirar sarro da sua pronúncia. Respire fundo, supere a vergonha e comece a falar!

 

Para mais dicas rápidas mas muito efetivas para os seus estudos, continue navegando pelo blog e confira nossos outros posts!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.