9 Principais tendências de varejo para 2022

Conheça as 9 principais tendências de varejo para 2022, as quais podem ajudá-lo a aumentar o número de vendas e ocupar uma posição de destaque entre os concorrentes do segmento.

A pandemia Covid-19 que estourou no final de 2019 representou um desafio para todos os setores de negócios. O varejo foi um dos primeiros setores forçados a reconsiderar rapidamente suas estratégias e encontrar novas abordagens e ferramentas para reter seus clientes, principalmente nas vendas online.

Neste artigo, consideraremos as tendências de varejo contemporâneas mais promissoras que ajudam não apenas a reter clientes regulares, mas também a conquistar novas posições de destaque diante da concorrência em 2022.

9 Principais tendências de varejo para 2022

tendências de varejo para 2022

A seguir, as principais tendências de varejo para o novo ano, as quais podem contribuir para o sucesso de seu negócio:

Inteligência artificial

A transformação digital do varejo tem uma longa história. As mudanças ocorridas graças à digitalização aumentaram a velocidade, eficiência e precisão de todos os processos de negócios do varejo. Vale ressaltar que é a inteligência artificial (IA) que está por trás desses resultados.

Hoje, a IA fornece dados relevantes para as empresas, ajudando-as a tomar as decisões certas, melhorar continuamente seus processos e encontrar novas oportunidades.

De acordo com relatórios de uma das empresas mais famosas – Gartner, 77% dos varejistas vão usar IA em suas operações comerciais. No entanto, isso não significa que funcionários reais serão substituídos por inteligência artificial. O que significa aqui é que as empresas trabalharão com os dados em sua totalidade para melhorar as estratégias de negócios e experiências personalizadas do cliente.

A seguir estão alguns dos cenários de como alavancar a IA no varejo:

Chatbots baseados em IA: Os chatbots (chat online) reconhecem a linguagem humana, imitam uma conversa com a equipe de suporte, revelam as preferências do cliente e, com base nessas preferências, fornecem novos produtos ou prevêem demandas.

Ajustes de preços: A IA visualiza possíveis resultados de estratégias de preços específicas, coletando informações sobre produtos, publicidade, desempenho de vendas, etc.

Previsões de preços: Seus clientes sabem com antecedência como o preço mudará dependendo da demanda, tendências sazonais, datas de lançamento do produto e outras características.

Pesquise por imagem: Permite fazer upload de imagens de produtos desejados e encontrar similares em sua loja.

Provador virtual: Permite que os clientes economizem tempo e escolham a roupa ideal em poucos minutos.

Personalização

Personalização no varejo significa criar uma abordagem pessoal para cada cliente ao longo de todo o ciclo de interação com o cliente. Os varejistas usam dados históricos (por exemplo, o que outros clientes compraram com um determinado produto), dados pessoais, bem como análises de produtos e clientes, para seguir essa abordagem. O principal objetivo é fazer com que o cliente se sinta especial, fidelizando e melhorando a experiência de compra.

As soluções de gerenciamento de relacionamento com o cliente ajudarão a construir uma interação adequada com clientes regulares e potenciais.

Promoção por influenciadores

Instagram, YouTube, TikTok e Facebook deixaram de ser apenas redes sociais de comunicação com amigos e colegas para se tornarem plataformas poderosas de promoção de marcas e produtos. É por isso que os varejistas devem interagir com influenciadores que podem ter um impacto no comportamento de compra.

O valor de trabalhar com influenciadores nem sempre é fácil de associar à atração de clientes para lojas regulares e ao aumento de compras. Porém, se você tem uma loja online, o público de influenciadores pode se tornar seu cliente, pois há apenas um clique de uma postagem promocional para comprar no site. O principal é encontrar o influenciador certo para o seu produto e disponibilizar a ele vale desconto para oferecer aos seguidores (os quais podem comprar em sua loja com desconto).

Omnichannel

Uma abordagem omnichannel no varejo está focada no atendimento constante ao cliente, independentemente de estarem comprando por meio de um aplicativo móvel, um site ou em uma loja offline.

varejo online 2022

Por que isso é tão importante? Boa parte dos compradores usam vários canais ao comprar. Por exemplo, os clientes estudam informações sobre um produto na Internet antes de comprá-lo em uma loja offline. E vice-versa, quando veem o produto desejado na prateleira da loja, consultam as informações online.

A abordagem omnichannel permite que o foco seja colocado na experiência do cliente como um todo, em vez de em experiências individuais por meio de vários canais.

Além de melhorar a experiência do cliente, a abordagem omnichannel também ajuda:

 

  • Aumente o tráfego e as vendas.
  • Aumente a fidelidade do cliente.
  • Melhore a qualidade dos dados coletados.

Comércio Social

Outra tendência da mídia social é o comércio social, que transformou o Instagram, o Facebook e outras redes sociais em shoppings. Durante a pandemia, esse tipo de comércio ganhou popularidade especialmente: as vendas nas redes sociais em 2021 aumentaram 35% em relação a 2020 e chegaram a US $ 36 bilhões.

Esse boom é facilmente explicado: os clientes se sentem seguros quando fazem compras online através de indicações nas redes sociais. Some-se a isso o tempo cada vez maior que as pessoas passam nas redes sociais, os novos recursos que tornam as compras nas redes sociais mais convenientes e a oportunidade de atrair novos públicos em pouco tempo, e você terá uma ferramenta poderosa para otimizar o processo de vendas.

tendências de varejo para 2022

Compras sem contato

Embora as tecnologias sem contato já existam há mais de uma década, a pandemia Covid-19 acelerou seu desenvolvimento e as levou a se tornarem parte integrante da transformação digital do varejo, já que os compradores de hoje desejam fazer compras em um ambiente seguro e saudável.

No entanto, o termo “compras sem contato” é genérico e inclui várias abordagens:

Comércio eletrônico

Isso inclui lojas online e lojas regulares com sua própria versão online, que permite que você faça compras sem sair de casa. Nesse caso, o atendimento é sem contato até o recebimento da mercadoria (por exemplo, entrega de drone lançado pela Amazon).

A solução SAP Commerce é uma plataforma de comércio eletrônico confiável. Ele simplifica a criação de projetos de e-commerce e sites de e-commerce responsivos.

BOPIS (compre online, retirada na loja)

Essa abordagem, sendo também uma nova tendência do varejo, permite que os clientes retirem os produtos pré-selecionados no caixa, em vez de perder tempo procurando na loja e fazendo fila. Também reduz a interação física entre os clientes.

Janela

Os clientes fazem um pedido online ou ligando e depois se encontram com um representante da empresa para retirar o pedido. Nesse caso, o comprador interage apenas com o funcionário.

Pagamento sem contato

O pagamento com um clique ou o pagamento via celular permite que os clientes minimizem o contato com caixas registradoras ou teclados, o que é especialmente importante em lugares lotados. Além disso, o cliente pode gerar o boleto em poucos minutos ou aproveitar as demais formas de pagamento, sem ter trabalho.

Lojas pop-up

Esta é uma opção para lojistas que vendem produtos sazonais ou que desejam aproveitar uma tendência da moda, pois a demanda por produtos de loja pop-up costuma durar pouco ou está associada a um evento ou feriado. As lojas pop-up são particularmente populares no comércio de roupas e brinquedos.

As principais vantagens dessas lojas são:

  • Riscos financeiros baixos. Você vende o que está realmente em demanda agora.
  • Alta rentabilidade devido à popularidade do produto e baixos aluguéis, já que você aluga um espaço por um período curto.
  • Uma oportunidade de aumentar o número de canais para interagir com os clientes. Esta é uma opção para varejistas que não visam a produtos sazonais ou populares, mas trabalham o ano todo. Conforme relatam os compradores de lojas sazonais, a vantagem aqui está na sensação de exclusividade do produto.

Vendas por meio de plataformas e-commerce famosas

Os marketplaces online permitem a venda de produtos sem abrir a sua própria loja online, o que também ajuda a evitar elevados custos nas fases iniciais. Um exemplo de mercado é a Amazon, o maior varejista online do mundo. De acordo com as estatísticas, mais de 200 milhões de visitantes únicos fazem compras na Amazon todos os meses.

No entanto, o número de usuários não é a única vantagem desta plataforma:

  • A Amazon ajuda os varejistas a promover seus produtos e aumentar sua base de clientes.
  • Você pode se tornar global: A Amazon opera em 13 países e os produtos são enviados para mais de 100 países ao redor do mundo.
  • Negociar na Amazon não requer altos custos de marketing.
  • Você não precisa se preocupar com armazenamento e entrega, pois a Amazon fará tudo por você.
  • Além disso, a reputação do mercado também pode beneficiar seus negócios, pois quanto maior a reputação, mais confiança você ganhará dos usuários do mercado.

A transformação digital de negócios e soluções digitais no varejo fornecem uma compreensão profunda das necessidades do cliente, um alto nível de personalização e uma abordagem individual, não apenas em palavras, mas na prática.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.